O Poder dos Algoritmos

Em termos mais técnicos, um algoritmo é uma sequência lógica, finita e definida de instruções que devem ser seguidas para resolver um problema ou executar uma tarefa. Muita gente não sabe como funciona um algoritmo e a importância deles, o que basta saber é que essas linhas de números e códigos atualmente são usadas virtualmente em qualquer lugar, das instituições financeiras aos sites de relacionamento. Alguns desses algoritmos controlam nosso mundo de uma forma mais intensa que os outros.  Alguns exemplos que mais dominam o mundo são:

Busca do Google:

O Google não era o único mecanismo de busca da internet, alguns anos atrás muitos disputavam a internet. Só que ele conseguiu, com seu inovador algoritmo de PageRank, derrubar todos os outros e garantir a liderança.  Hoje, o Google tem 66,7% do mercado norte-americano de buscas, seguida pela Microsoft (18,1%), Yahoo (11,2%), Ask (2,6%) e AOL (1,4%).  O PageRank funciona em conjunto com programas automatizados, chamados de spiders ou crawlers e com um grande índice contendo palavras-chave e suas localizações. O PageRank também leva em conta a frequência e a localização das palavras-chave dentro de cada página. Ele avalia o número e a qualidade dos links que levam a cada página e, assim, ele determina a importância do site.

Timeline do Facebook:

A maioria das pessoas, sem perceber, passa muito tempo na timeline do facebook. É literalmente um tempo perdido. A menos que suas preferências estejam configuradas para mostrar sem exceções cada uma das atividades de todos os seus amigos em ordem cronológica, então o que você vê é uma seleção pré-determinada pelos algoritmos da rede social. O algoritmo dele acaba te prendendo por mais tempo na rede social, pois ele seleciona  o que você mais pesquisa e acessa e o exibe com frequência em sua timeline. Esse algoritmo funciona filtrando vários fatores, como o seu número de comentários em postagens, quem fez a postagem e também qual é o tipo de postagem.

Google Adwords

O algoritmo do Google Adwords pega conteúdos relacionados à venda e também conteúdos de páginas da internet ou que pertençam ao próprio Google. Exibir anúncios que deem mais opções para o usuário encontrar o que busca e ficar mais satisfeito com isso. Um bom exemplo é o Facebook, que exibe aqueles anúncios muito interessantes no canto direito da sua timeline.

Sites de venda

Em muitos sites você pode ver um anúncio desses, de repente aparece algo que você estava procurando a pouco tempo, como aquele um celular novo. O algoritmo dos anúncios dos sites de venda da web fazem com que banners de produtos que você está interessado apareçam nos sites que você visita.

Esses são apenas alguns exemplos dos algoritmos que dominam o nosso mundo e no futuro, com certeza, muitos outros irão dominar também

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato