Facebook Pixel Code | Agência 904

Anúncios dinâmicos: o que são e como utilizá-los

Quando se trata de maneiras de divulgar sua marca, quantidade é o que não falta. Mas claro, é sempre possível utilizar formas criativas e ferramentas que podem facilitar e otimizar muito seu trabalho.

No mundo do Marketing Digital, temos diversas ferramentas que nos ajudam a criar, colocar no ar, monitorar e gerar resultados em campanhas. Um belo exemplo disso são as atualizações constantes de mecanismos como Google Ads, Facebook Ads e até mesmo das redes sociais em geral.

A tecnologia evolui, e com ela é otimizada também a maneira de sua empresa se comunicar com o público. Quando falamos de anúncios, é necessário conhecer as opções de sua marca, para apostar no local certo e do jeito certo.

Os anúncios dinâmicos, podem ser uma ótima opção para o seu negócio pela facilidade de aplicação, redução do tempo utilizado e muito mais. Vem conhecer mais sobre eles e aprenda como utilizá-los!

Dinâmico? Como?

Como uma forma de facilitar a vida de muitas empresas na hora de fazer as campanhas, os anúncios dinâmicos conseguem unir facilidade e bons resultados.

É possível ter um processo com mais dinamicidade com eles, com títulos e URLs de destino mudando automaticamente conforme a pesquisa feita pelo usuário. Porém, esse tipo de anúncio é recomendado para empresas que possuem um grande número de produtos, e isso, segundo o próprio Google. 

Funciona assim: imagine que sua loja online possui 1000 produtos catalogados, se uma pessoa procura por um quadro de parede, ela quer achar respostas e resultados de pesquisa que se encaixem com seu desejo.

Então, se esse usuário digitar “quadros de parede bonitos e baratos”, serão exibidos anúncios de sua empresa que se relacionem com os termos digitados. Mas, a diferença aqui, é que sua marca pode cadastrar seus produtos em categorias, e o Google adapta o título e a URL de destino de seu anúncio de acordo com os termos pesquisados.

Assim, o texto digitado no momento da pesquisa influencia diretamente no título de seus anúncios e para onde o usuário será direcionado, os tornando mais atraentes para as pessoas.

Mas, quais as vantagens?

Ao invés de sua empresa investir muito tempo separando uma lista imensa de palavras-chave, com os anúncios dinâmicos, você e sua empresa, contam com um processo facilitado que ainda aumenta a conversão. Isso porquê o usuário é direcionado rapidamente, com apenas um clique, para a página que o interessa.

Por ter uma URL específica para cada resultado de pesquisa, seu cliente não perde mais tempo procurando algo em seu site, ele é direcionado prontamente para onde ele deve comprar.

Como já citamos aqui, existe a facilidade da economia de tempo, onde os anúncios são feitos através de uma varredura do seu site, sendo criados de forma automatizada.

E ah! É muito importante que você saiba, que mesmo que seu site seja atualizado, com alguns produtos retirados, ou colocados, os anúncios também são cancelados, ou adicionados automaticamente!

Mas claro, tudo isso se eles tiverem sido programados manualmente por você nos mecanismos do Google Ads, como vamos explicar para você agora!

Como fazer os anúncios dinâmicos?

A estrutura de uma campanha de search dinâmico também funciona da mesma forma de uma convencional: feita manualmente.

Porém, durante a criação de anúncios, ao invés de definir palavras-chave, títulos, URL de destino e meta description, nas dinâmicas, você apenas seleciona as categorias ou produtos do site que deseja promover e cria três variações de anúncios com metas description.

Seguindo o mesmo exemplo dos quadros de parede, é necessário que você crie os modelos de descrições pensando em chamar a atenção e despertar a vontade do cliente clicar em seu anúncio. Assim, o Google se encarrega de atribuir um cabeçalho do título conforme o que foi digitado pelo usuário e a URL que se encaixa com o que a pessoa deseja!

As segmentações podem ser realizadas inteiramente de acordo com a necessidade de sua empresa. Assim, é possível agrupar categorias de produtos ou serviços de diversas maneiras.

A marca de quadros pode optar por categorias como “quadros baratos”, “quadros de parede”, “quadros para decoração”, e assim por diante. É viável também segmentar todas as páginas do seu site, sempre pensando no que é melhor para que seu negócio seja relevante para o público.

Durante o processo das campanhas dinâmicas, você pode mensurar quais produtos ou categorias são mais relevantes, podendo pausar determinados temas que não estão oferecendo o resultado esperado, para maximizar seu ROI.

Até no Facebook!

Sua empresa também pode optar por utilizar os anúncios dinâmicos no Facebook Ads. A rede social trabalha com uma sistemática parecida, puxada para quem já demonstrou interesse em sua empresa, produto ou serviço. Assim, suas chances de conversão aumentam.

Para utilizar essa ferramenta no Facebook, é preciso criar um catálogo de produtos na rede com os itens que pretende anunciar, fazendo anúncios nos formatos que desejar (imagem única, coleção ou anúncio carrossel).

Essa personalização aumenta as chances de conversão de sua empresa e inclusive, as campanhas podem ser configuradas para um público mais amplo, ou até mesmo excluindo aqueles que não fazem mais parte do seu público-alvo .

Utilizar essa forma de anúncios pode ser ótimo para sua empresa, se você possui um grande catálogo de produtos. Mas lembre-se: deixar seu site com as características dos pré-requisitos  estabelecidos pelo Google para que a configuração funcione corretamente, é importante para otimizar ao máximo seus resultados.

Com isso conseguimos perceber que os anúncios dinâmicos podem ser uma verdadeira mão na roda para as empresas, basta saber utiliza-los e monitora-los da maneira correta! [marcar post de códigos de conversão]

Saiba mais sobre o mundo do Marketing Digital acompanhando nossas redes sociais e nosso blog! 😉

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato