As 7 melhores dicas para ter sucesso com email marketing

Os e-mails marketing podem ser seus verdadeiros melhores amigos, se você aprender a manter a relação certa com eles. Não acredita? Então vamos te mostrar!

O email marketing pode sim ser uma maravilhosa estratégia para sua empresa, basta que você saiba como utilizar da maneira correta. O segredo, como em tudo no Marketing Digital é traçar uma estratégia que condiza com a empresa!

 

Mas, calma…o que é o email marketing?

Com certeza, em algum momento da sua vida, você já recebeu algum email marketing. Não importa o tema, a abordagem, a quantidade de vezes, mas se você tem um endereço de email, sem sombra de dúvidas já foi atingido por essa estratégia. Quer ver?

Quando aquele email de uma marca apareceu na sua caixa de entrada, trazendo uma oportunidade de negócio, conteúdo rico sobre um assunto de seu interesse ou então informando o início de uma promoção, aquilo foi email marketing.

Se você tem uma empresa ou então trabalha na área de comunicação, é quase certo que seu contato com o email marketing seja um pouco mais aprofundado. Sendo assim, você provavelmente sabe que esta estratégia é utilizada para enviar mensagens para os leads de sua marca. E as possibilidades de conteúdo são muitas!

É possível enviar ofertas, conteúdos mais aprofundados, falar sobre produtos, informar um novo evento, enfim…muitas aplicações mesmo! E tudo isso depende do que sua empresa pretende e espera.

 

Por que investir no email marketing?

Bom, existem diversas respostas para essa pergunta. A primeira delas pode ser: porque te aproxima do seu cliente.

Pense comigo, para um usuário confiar o endereço de email dele para uma marca não deve ser muito fácil, certo? Na mesma caixa de entrada que o seu possível cliente recebe as mensagens da família, amigos, do trabalho e tantas coisas que são relacionadas diretamente com ele. Essa mesma pessoa está se disponibilizando a receber também conteúdos de sua empresa!

Essa relação de confiança com a marca, demonstra principalmente o interesse que o usuário tem naquilo que você oferece. Com o endereço desse potencial cliente sua empresa pode fazer maravilhas.

Como vimos no Inbound Marketing, cada vez mais os internautas sentem aversão a publicidades que o interrompem. O grande segredo está em manter o contato com o cliente sem o pressionar, produzindo conteúdos realmente relevantes, que façam o cliente se lembrar da sua marca.

E o email marketing serve para isso!

Com ele sua marca ficará mais próxima do cliente, e conforme sua empresa perceba através das suas métricas, que há uma mudança desse cliente no estágio do funil de vendas , é possível realizar a conversão de alguém interessado para um consumidor.

 

Para ajudar a transformar seu email marketing no melhor que ele pode ser, separamos algumas dicas. Veja:

 

#1 – O título é a chave!

O primeiro contato que seu cliente terá com seu email é o título, então capriche e escolha um headline interessante e criativo. Assuntos muito comuns não chamam atenção e podem fazer com que a pessoa nem abra a mensagem enviada. Apele para itens que chamem a prendam a concentração do consumidor.

Incluir números e percentuais no título despertará o lado racional do seu comprador. Ele entenderá quanto de benefício que sua empresa oferece.

Mas lembre-se! É importante manter o título entre 21 e 40 caracteres, para que tenha leitura e passe a mensagem de forma eficiente para o leitor.

 

#2 – Personalize os e-mails

Ninguém gosta de não se sentir único. É muito mais especial para quem recebe um email ser chamado pelo seu nome, a pessoa se sentirá mais próxima da marca.

Analisar quais são os interesses do usuário em relação a marca também é essencial. Se determinado consumidor demonstrou curiosidade pelo produto x, as chances de conversão aumentam muito caso sua empresa mande promoções desse mesmo produto.

Ter a atenção redobrada quanto às segmentações irá ajudar muito nesse processo. Analise na hora de mandar os e-mails, quais foram as ofertas que a pessoa já recebeu. Se seu empreendimento possui o contato dela através da compra de um curso, é pouco provável que essa mesma pessoa queira obter a mesma experiência novamente.

Utilize a lógica e o bom senso para personalizar a segmentação, sempre cruzando com as estratégias os objetivos de sua empresa. Com isto feito, você poderá aumentar a qualidade do conteúdo recebido pelos seus clientes e a chance de sucesso de sua empresa.

Segundo o Adestra e HubSpot, e-mails que incluem palavras “obrigado” ou o primeiro nome do destinatário no assunto possuem taxas de clique mais elevadas do que sem personalização.

 

#3 – Faça testes A/B

Neste tipo de teste, você pode fazer dois envios praticamente iguais, com pequenas diferenças. Dessa maneira, sua empresa terá a certeza de qual estratégia pode surtir mais efeito.

Os testes servem para que você conheça melhor o público, entenda como ele percebe as mensagens, o que é melhor para ser utilizado e o que dará mais retorno. Avaliar a efetividade de posições dos botões Call To Action, títulos diferentes, ícones, tanto faz, tudo pode ser testado e otimizado.

 

#4 – Revise o texto

Muitas vezes depois de escrever um material que deu trabalho, a última coisa que se quer fazer é revisá-lo, mas é essencial!

Revise uma, duas, quantas vezes for necessário. Peça também para outra pessoa dar uma olhada e ver se acha algo que poderia ser melhorado. Diferente de outras estratégias do Marketing Digital, os e-mails marketing não podem ser editados após o envio. Um erro estará sempre lá.

Ao revisar os textos, você garante que não terão falhas de qualquer natureza. Mas caso elas aconteçam, não se apavore! Sempre há uma maneira de remediar o erro, seja respondendo com humor, explicando o erro, encaminhando uma errata, o importante é manter o bom relacionamento com o potencial consumidor.

 

#5 – Tão curto quanto necessário

Durante seu email marketing seja objetivo. Mensagens muito compridas podem fazer com que seu futuro cliente não faça toda a leitura. Não deixe faltar informações, mas transmita a mensagem de maneira clara e direta.

No Content Trends 2018, análise mostra que 48,9% das pessoas buscam conteúdos e informações através do email marketing, por isso, é importante manter conteúdos de qualidade e objetivos.

Coloque o principal objetivo já no começo, para que não aconteça de seu público fechar o email antes mesmo de saber do que se trata.

Se a campanha pretende oferecer desconto em determinado produto, fale isso desde o início.

 

#6 – Saiba a hora certa de agir

De nada adianta utilizar o Inbound Marketing, se sua empresa já começar enviando mil ofertas para todos os consumidores.

Neste momento é necessário ter calma. Pense no seu relacionamento com o cliente como qualquer outro relacionamento em sua vida. É necessário ir aos poucos, conquista-lo, ter assuntos interessantes, que façam ele querer saber mais sobre sua empresa.

Analisar as métricas vai ajudar a saber o momento de agir com cada cliente e que ofertas enviar.

É importante apontar aqui também a frequência de envio das mensagens. Vá com calma! Não adianta enviar 7 mensagens por semana e esperar que seu consumidor não se sinta pressionado.

Responda os e-mails que receber de volta, isso será de bom tom e fará com que o relacionamento marca-cliente se estreite. Caso haja algum usuário que responda uma de suas mensagens, dê atenção e escreva um retorno de acordo.

 

#7 – Quem sabe, sabe

Com certeza sua empresa tem muito talento e potencial para fazer todas essas dicas funcionarem. Mas uma ajudinha nunca é demais, né?

O serviço de marketing nem sempre é fácil, existem muitos detalhes a serem analisados e muita coisa a ser resolvida. Contratar alguém específico para a função, que tenha conhecimento na área pode liberar o restante de sua equipe para se importar com outros objetivos da empresa.

Mais uma opção realmente vantajosa pode ser terceirizar este serviço. Contratar empresas especializadas, que possuem profissionais qualificados que suprirão as necessidades de sua empresa, sem ter incômodos pode melhorar o retorno do seu empreendimento.

A escolha da agência deve ser feita com cuidado e analisando seus portfólios, resultados e claro, aquilo que sua empresa pode investir.

 

 

Esperamos que tenha gostado do texto e tirado muito conhecimento dele!

Saiba mais sobre o mundo do Marketing Digital! Continue acompanhando nosso blog e nos seguindo nas redes sociais. 🙂

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato