Descubra o que é a taxa de rejeição do seu website e como melhorá-la

Fazer melhorias e otimizações nunca é demais, ainda mais quando falamos de Marketing Digital e das métricas do seu site. Analisar esses dados com cuidado, entendendo o que cada um significa e fazendo as mudanças necessárias para atingir resultados ainda melhores pode ajudar muito sua empresa.

Como falamos aqui anteriormente, você provavelmente já sabe quais métricas analisar no desempenho das campanhas e no website de sua empresa. Mas caso não tenha visto, recomendamos a leitura para expandir seus conhecimentos!

Quando se trata da taxa de rejeição de seu website, é necessário entender o que ela significa para sua empresa, quais detalhes podem ser os influenciadores desse resultado e o que pode ser feito para melhorá-lo e trazer benefícios para seu negócio.

 

A taxa de rejeição

Também chamada de Bounce Rate, esta taxa indica o percentual de pessoas que acessam uma página de seu site e saem logo em seguida, sem acessar outras abas ou fazer qualquer outra ação, seja ela uma conversão, o preenchimento de um formulário, um download ou qualquer outro objetivo que sua empresa tenha.

Apesar do nome da taxa, pode ser simplesmente que o usuário já tenha encontrado o que procurava em seu primeiro acesso, sem ter que procurar pela resposta em outras páginas.

Para descobrir o valor dessa taxa, é possível analisar ferramentas como o Google Adwords. Mas não se assuste caso sua taxa esteja muito alta! Para cada tipo de negócio o parâmetro de valor aceitável muda e isso é perfeitamente natural.

Veja quais valores são desejados para diferentes tipos de página:

– Varejo: 20 a 40%

– Landing Pages simples: 70 a 90%

– Sites de serviço/FAQ: 10 a 30%

– Vendas de serviços (geração de leads): 30 a 50%

– Sites de conteúdo: 40 a 60%

– Blogs: 70 a 90%

 

Como reduzir sua taxa de rejeição

A taxa é apenas um reflexo do que acontece em seu site. Se os usuários se sentem instigados a ler outras páginas ou fazer outras ações, provavelmente sua taxa está na média ou é um pouco menor. Agora, se não é isso que está acontecendo, alguns fatores podem estar influenciando para que isso aconteça.

 

Design da página

A primeira impressão pode influenciar muito sobre como os usuários vão enxergar seu website e como se sentirão navegando em sua página. Procure ter um design com apelo visual, sempre pensando na posição dos elementos para melhorar a navegação das pessoas.

Provavelmente quando você entra em um site bagunçado visualmente, tende a não se sentir bem. E com as outras pessoas também é assim. A maioria delas fecha a página e busca por sites que passem mais confiança.

Procure usar as cores e elementos a seu favor, pensando nos detalhes e no caminho que gostaria que os usuários fizessem. Faça com que tudo se complete e trabalhe para uma boa navegação.

 

Experiência de navegação

Quando um cliente se sente acolhido em seu site e consegue navegar de maneira orgânica, ele provavelmente visitará mais páginas, voltará no seu domínio mais vezes e pode até mesmo gerar uma conversão. Procure implementar ações de User Experience e User Interface para melhorar toda a navegação para seus usuários.

Se sua empresa trabalha com qualquer tipo de venda online, preste atenção extra nas otimizações do seu carrinho de compras, para que seu site seja especialmente satisfatório no momento da compra.

Garanta que a página de produto seja bem explorada, com navegação fácil e design que chame a atenção. De novo, pense em cada detalhe!

 

Velocidade do site

Um dos fatores que mais afeta a taxa de rejeição é o tempo de carregamento de sua página. É possível que você já tenha saído de um site pela velocidade não ser adequada, e isso é bem comum.

Em média, as pessoas costumam esperar apenas 4 segundos para carregar uma página, por isso é essencial se certificar que seu domínio tem um bom tempo de carregamento.

Caso esse período esteja lento, algum problema está acontecendo com a maneira como seu site foi desenvolvido ou então a hospedagem não está sendo otimizada corretamente. Verifique esses aspectos e otimize todos os detalhes para garantir um carregamento rápido.

Saiba mais sobre como melhorar a velocidade de carregamento no nosso post sobre o assunto.

 

Site responsivo

Fazer com que seu site se adapte a diferentes meios de acesso é essencial, principalmente quando cerca de 50% deles se dão por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets.

A adaptação do seu conteúdo para esses tipos de dispositivo também é um critério utilizado para ajudar no posicionamento de sua marca nos mecanismos de busca, então garanta que esse aspecto sempre esteja ajustado e funcionando.

 

Conteúdo

Se sua empresa trabalha com produção de conteúdo, garanta que o que você oferece é relevante para seu público e está bem escrito. Facilite a leitura com parágrafos e frases curtas, com separação por subtítulos, imagens, gráficos e deixe os negritos para o que for realmente importante.

Produza conteúdos que geram valor, seja objetivo e dê oportunidade para que os usuários leiam outros temas que seu site oferece também.

 

Links externos

Utilize links externos para enriquecer as fontes de seu conteúdo, para otimizar seu SEO e para dar alguma referência das informações apresentadas. Saber como utilizar o Link Building aqui é fundamental para usar os links no momento certo e da maneira certa.

Procure colocar links internos também para incentivar os usuários a conhecerem outras páginas de seu site, os encaminhando para outros conteúdos, para conhecer produtos ou qualquer outra ação que julgue necessário.

 

CTAs (Call To Action)

Os botões de CTA são utilizados para chamar os usuários para ações dentro de seu site. Com eles é possível convencer as pessoas de acessarem outras páginas, se tornarem leads ou até mesmo realizarem outras conversões.

Garanta que eles sejam visíveis e objetivos para que os clientes não fiquem apenas em uma página de seu domínio.

Utilizar verbos no imperativo e causar senso de urgência ou benefício no leitor é uma ótima forma de produzir CTAs matadores. Dizeres como “Leia agora”, “Assine e ganhe” podem facilitar a conversão dos usuários.

 

Tudo no seu tempo

Fazer mudanças como essas vai ajudar a diminuir a taxa de rejeição de seu site e fazer com que suas páginas sejam mais atrativas para os usuários. As outras taxas inclusive podem ser melhoradas com essas otimizações!

Mas calma! Você não precisa fazer tudo de uma vez só para que seja eficiente, pontos como design e tempo de carregamento merecem sua maior atenção e prioridade. As outras mudanças podem ser feitas gradativamente, conforme sua disponibilidade.

Não deixe de acompanhar suas taxas para mensurar a diferença que as mudanças fazem nos resultados de sua empresa. O mundo do Marketing Digital tem constantes inovações, então não deixe de fazer a análise e otimizar o que for necessário constantemente.

 

Gostou do conteúdo? Conte nos comentários e compartilhe para que outras pessoas possam diminuir suas taxas de rejeição também! 🙂

 

Quer saber mais sobre o mundo do Marketing Digital? Continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais! 😉

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato