O posicionamento da marca importa mais do que o valor de seus produtos e serviços?

Conforme o tempo passa, parece que os clientes ficam cada vez mais exigentes e buscando qualidades nas marcas que as fazem não só querer comprar, mas sentir algo por aquela empresa, não é?

Se você vem sentindo que isso é uma realidade que está sendo construída e que está cada vez mais forte, saiba que está correto! Não é de hoje que essa tendência vem crescendo no mercado. Os consumidores estão de fato procurando por cada vez mais diferenciais que vão muito além da qualidade do produto.

O público quer conteúdo, profundidade, querem o pacote completo para que sua marca faça muito mais do que apenas resolver um problema com produtos e serviços, eles buscam, mesmo que não conscientemente, serem tocados pelas marcas.

Com este novo cenário já desenhado e que pouco a pouco vai se tornando cada vez mais forte, muitas empresas têm se perguntado: será que o posicionamento está sendo mais importante do que a qualidade dos produtos e serviços que oferecemos?

É natural que este questionamento surja, e é até, muito compreensível. Afinal, o mundo do marketing e vendas que conhecíamos há anos, onde o simples entendimento de oferta e procura resolvia praticamente todas as questões, não é o que acontece hoje. Agora é preciso mais do que produtos que solucionam os problemas dos consumidores, é preciso fazer com que os clientes se vejam em sua marca.

Mas, é claro, ninguém quer comprar um produto só por se identificar com o posicionamento de uma marca, é necessário também que os produtos tenham qualidade. Por isso, é preciso entender o que é o posicionamento, a qualidade de serviço, e como unir as duas práticas em sua empresa!

Posicionamento de marca: o que é e como fazer?

Posicionamento pra cá, posicionamento pra lá. Mas o que é necessário mesmo entender é do que se trata e como aplicá-lo em sua empresa, correto?

Entender o que é o tal do posicionamento não é nada difícil: ele é como sua marca se posiciona diante do mercado. Ou seja, como sua empresa quer ser percebida pelo público e o lugar que ela ocupa na mente dessas pessoas.

Um posicionamento bem definido é capaz de fortalecer a marca e aumentar o valor percebido que os clientes têm de sua empresa. É muito importante apontar que o posicionamento é sim uma vantagem competitiva sobre o mercado, mas precisa ter manutenção de acordo com as mudanças do mercado e com as novas exigências do público em relação ao que ele está buscando.

Os comerciais de cerveja, por exemplo, por muito tempo retrataram as mulheres como objetos a serem desejados pelos homens e passavam a sensação de que apenas determinada marca permitiria que os clientes tivessem acesso àquelas mulheres idealizadas. Hoje, muito felizmente este cenário se alterou, porque as exigências do público mudaram, e, consequentemente o posicionamento das marcas se alterou.

Para encontrar o posicionamento de seu negócio, é preciso analisar suas intenções e objetivos para com o mercado, ter uma visão estratégica sobre sua concorrência e saber o que seu público espera.

A Pepsi, entendendo sua posição secundária no mercado de refrigerantes, se apoderou disso e colocou seu posicionamento focado em ser a segunda marca, com “Só tem Pepsi, pode ser?”, o que acertou em cheio muitos consumidores.

Não é substituto da qualidade!

Por mais que ter um posicionamento sólido seja importante, a qualidade de um produto ou serviço, nunca, em hipótese nenhuma deve ser ignorada. Um cliente pode até comprar um produto sendo levado pelo emocional, pelo posicionamento que uma marca adota, mas dificilmente voltará a comprar caso a qualidade seja ruim.

A qualificação de um produto é um balizador que pode transformar a compra em uma realidade ou não. Afinal, ninguém gosta de comprar um produto ou contratar um serviço e se decepcionar com a qualidade (ou a falta dela) após sua aquisição.

Unir é a chave!

Unir as duas coisas com certeza é a chave para resolver o mistério de marketing presente aqui. É necessário que sua empresa una a qualidade em seus produtos e serviços com um posicionamento que condiza com a marca e faça com que os clientes se identifiquem.

Diversos empreendimentos conseguem fazer isso, como é o caso da Dove, com seu posicionamento em prol da beleza natural de cada um, a Coca-Cola que sempre relaciona seu produto à experiências e felicidade, ou então a Quem disse, Berenice?, que sempre busca ser diferente.

Um exemplo disso pode ser visto no vídeo abaixo, de uma propaganda da Dove, onde a marca incentiva as mulheres a enxergar sua beleza natural:

Vídeo “Retratos da Beleza Real” – Dove

A união entre qualidade e posicionamento sólido e que conversa com o público também pode ser observado no caso da Quem disse, Berenice?, citado acima. Este vídeo mostra a liberdade que a marca teve desde sua criação até os dias de hoje para abordar o público e pregar também a liberdade dessas pessoas.

Vídeo “Pode!” – Quem disse, Berenice?

Apostar na união de qualidade e posicionamento com certeza é a melhor estratégia para qualquer empresa. Se sua marca quer chamar a atenção do público, ser conhecida e sempre ter o carinho dessas pessoas, é necessário não só trazer os clientes para perto, mas os manter ali.

Planejar suas ações e estratégias para que tudo isso seja feito da melhor forma possível é essencial para que sua empresa tenha certeza de qual caminho está tomando e de que forma é possível fazer seu sucesso virar realidade.

Sua empresa já une qualidade e posicionamento? Como você faz isso? Conta para a gente nos comentários!

Saiba mais sobre o mundo do Marketing Digital. Acompanhe nossas redes sociais e nosso blog! 😉

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato