Como analisar as métricas das suas estratégias de e-mail marketing

Não é de hoje que as estratégias de e-mail marketing são muito comentadas no mundo do Marketing Digital. E isso é completamente compreensível se pensarmos que mesmo com toda a revolução tecnológica que está ocorrendo, as pessoas continuam usando o e-mail como meio de comunicação.

Estatísticas no The Radicati Group mostram que até 2020, 3 bilhões de pessoas utilizarão e-mail no mundo. Esse número contraria a ideia de algumas empresas que acreditam que o e-mail está morrendo como meio de comunicação.

O que acontece geralmente nesses casos onde o e-mail é tido como uma ferramenta que não traz retorno é que a empresa não consegue utiliza-la de forma eficaz.

Assim como em outras estratégias, o e-mail marketing precisa de conceito, objetivo e análises para mensurar o que dá e o que não dá resultado, entendendo assim o quanto seu investimento teve de retorno.

É muito importante falar aqui que um bom mailing vai fazer toda a diferença em sua estratégia de campanha. Ter os contatos certos, que se interessam pela sua marca vai melhorar seus resultados e otimizar seus esforços. Então não se engane pensando que comprar mailings aleatórios podem gerar resultados bons, pelo contrário, podem te atrapalhar muito!

Para você entender um pouco melhor como mensurar e entender os resultados de sua empresa, separamos algumas métricas essenciais. Veja!

 

As métricas e KPIs

As métricas são formadas por todo e qualquer dado que possa ser relevante para o seu negócio. Dentro disso você pode analisar a quantidade de cliques, de abertura de e-mail, as visitas geradas no site e outros dados gerados a partir das suas ações.

Já os KPIs (Key Performance Indicator ou indicador de performance) são indicadores criados a partir da interação entre métricas e que estão relacionadas com o sucesso de sua empresa.

O ROI (retorno sobre investimento), taxas de conversão de vendas, CTR e outros dados são exemplos de KPIs que sua empresa deve prestar atenção para garantir o melhor resultado para seu empreendimento.

 

Taxa de entrega

Este é o percentual de e-mails que realmente chegaram na caixa de entrada dos contatos de sua lista.

Para chegar nesse número, é possível utilizar uma fórmula bem simples:

(Número de e-mails entregues / Nº total de e-mails selecionados para envio) X 100 

 

Uma taxa de conversão boa deve sempre estar entre 95% e 99%, segundo a Rock Content. Caso sua empresa tenha uma taxa que rode na casa dos 80%, se atente ainda mais, verificando se há erros de servidor ou qualquer outro problema relacionado a spam que podem dificultar a entrega de seus e-mails.

 

Bounce Rate

Não se assuste com o nome! O Bounce Rate também pode ser chamado de taxa de rejeição e representa os e-mails que não foram entregues aos destinatários.

Dentro disso, existem dois tipos de rejeição: o hard bounce e o soft bounce.

O primeiro significa que o e-mail não foi entregue porque o endereço já não existe mais, está inválido ou foi cancelado. Isso faz com que sua mensagem jamais chegue no destinatário, então o melhor a se fazer é excluir o contato da lista para facilitar sua estratégia.

Já no segundo caso, o soft bounce é um erro temporário, como uma caixa de entrada cheia ou problema no servidor do e-mail do destinatário. Nesses casos, o indicado é sempre tentar reenviar a mensagem futuramente, caso sua ferramenta de e-mail marketing não faça isso automaticamente.

Para calcular o Bounce Rate é possível fazer assim:

(Número de e-mails com bounce / Nº de e-mails enviados) X 100 

Evitar que esse problema aconteça pode ser bem simples, basta colocar um doble opt-in, que serve para confirmar o e-mail da pessoa que se cadastra.

 

Taxa de abertura de e-mails

Como o próprio nome fala, essa taxa se refere a quantidade de pessoas que de fato abriram a mensagem enviada pela sua marca. Esse número é essencial para entender o quanto seus e-mails estão sendo interessantes para as pessoas.

A Resultados Digitais aponta que uma boa taxa de abertura precisa ser maior que 20%, mas claro, isso varia de acordo com o conteúdo e segmentação usados nas mensagens.

Deixe seus títulos e assuntos sempre chamativos e atrativos para seus usuários, afinal, esses tópicos vão ser os primeiros contatos entre seu leitor e o conteúdo.

 

CTR ou Click Through Rate

Este indicador de performance mostra a quantidade de cliques nos links dos e-mails enviados em relação a quantidade de pessoas que abriu a mensagem. Calculando dessa forma:

(Total de cliques / Total de e-mails abertos) X 100 

Com ele é possível entender o quanto sua peça foi efetiva, fazendo com que o cliente cumprisse com o objetivo de clicar no que estava sendo oferecido.

Para aumentar esse valor é necessário analisar se o que seu negócio está oferecendo é realmente compatível com o que seu público espera.

Um detalhe muito importante que pode fazer toda a diferença nesse momento são os botões de CTA (Call To Action). Eles chamam o usuário para determinada ação e precisam estar visíveis e altamente atrativos.

 

Taxa de conversão

Essa taxa provavelmente você já conhece. Ela diz sobre quantas pessoas realmente completaram a ação proposta, seja fazendo o download de um e-book, se cadastrando para ter acesso a desconto ou até comprando um produto.

Analisar isso é fundamental para entender se sua estratégia realmente está sendo bem pensada e executada, levando seu contato a se tornar um lead qualificado ou mesmo um cliente.

Para calcular isso, faça:

(Número de conversões / Nº de cliques do link principal ou CTA) X 100 

 

Taxa de descadastramento

Essa taxa fala sobre quantas pessoas escolheram sair da sua lista de contatos e reflete problemas na qualidade do conteúdo enviado ou na frequência de envio das mensagens.

Um alto índice dessa taxa significa que algo está sendo feito de maneira errada na sua estratégia de e-mail marketing. Caso seu número esteja acima de 0,1%, você deve entender o que está falhando e como solucionar o problema.

 

Taxa de crescimento da lista

Isso mostra o quanto sua lista de contatos cresceu. Quanto maior seu crescimento, melhor. Se esse valor não for muito bom, significa que sua empresa precisa investir em um maior número de iscas para captar seus clientes.

É muito importante falar aqui que a compra de listas de contato pode ser muito maléfica para sua empresa. Isto porque, é bem possível que essas pessoas da lista não estejam verdadeiramente interessadas no que seu negócio tem a oferecer.

Construa sua própria base de contatos para dar as melhores oportunidades de negócio para sua marca.

 

Retorno sobre investimento (ROI)

Correspondente ao retorno financeiro vindo do investimento realizado na estratégia, o ROI é a receita total obtida dividida pelo valor que foi gasto com a campanha de e-mail.

Este é um indicador muito importante para determinar o retorno monetário que os esforços realizados estão dando.

 

O Marketing Digital se destaca pela facilidade de mensuração que possui. Analisar com cuidado todas as métricasKPIs e entender o que vêm obtendo sucesso e o que pode estar afetando negativamente, melhorará todo o processo de sua empresa.

Ao entender o que analisar e como fazer essa análise, sua empresa terá as estratégias otimizadas e com certeza os resultados poderão ser melhorados.

 

Quais são as métricas mais importantes para sua empresa na hora de mensurar os resultados das estratégias de e-mail marketing? Nos conte nos comentários e compartilhe o conteúdo com os amigos!

 

Quer saber mais sobre o mundo do Marketing Digital? Nos acompanhe nas redes sociais e aqui no blog! 😉

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato