3 dicas de como definir conteúdos relevantes para uma empresa

O mundo está em constante mudança e sempre buscando pelo aperfeiçoamento de todos os detalhes. Na comunicação vemos esta movimentação com intensidade. Cada hora que passa é uma oportunidade para surgir novidades e se tornar ultrapassado hoje é muito rápido e simples, por isto as empresas possuem cada vez mais a necessidade de acompanhar o mesmo ritmo, sempre com um olho na venda e outro na comunicação.

No mercado quem não é visto, não é lembrado, por isto, manter a comunicação com o cliente, é extremamente relevante.

A forma de se fazer marketing acompanha as mudanças constantes do mundo, e hoje, a produção de conteúdo é uma das melhores maneiras de se conquistar o público.

 

A produção de conteúdo

                  Parte do Inbound Marketing, a produção de conteúdo é utilizada principalmente para manter contato constante com o cliente.

De acordo com o DemandMetric, o marketing de conteúdo é 62% mais barato que o tradicional e gera o triplo de leads. Com este custo benefício sendo maior do que o de costume, gerar conteúdos relevantes para seus consumidores irá beneficiar sua empresa.

Uma pesquisa realizada pela Rock Content, aponta que o Marketing de Conteúdo, além de trazer mais leads, traz ainda 2,2 mais visitas para um website. Os números citados dizem muita coisa, mas também é preciso assinalar os principais benefícios de se adotar esta estratégia.

O Marketing tradicional traça como estratégia algo muito mais direto e intrusivo, com ligações telefônicas e interrupções constantes na vida do consumidor. Isto é válido, é claro, mas vem sendo cada vez menos aceito pelo público. Dados do Procon mostram que apenas em São Paulo, mais de 2 milhões de pessoas solicitaram que empresas de telemarketing sejam impedidas de ligar oferecendo serviços.

Consumidores estão mais autônomos e buscam por soluções para entender sobre determinados assuntos ou comprar produtos. Agora, se imaginarmos um cliente que busca por soluções de celulares e acha um conteúdo rico e que tira todas suas dúvidas sobre o tema, ele ficará muito feliz por ter encontrado uma solução de maneira rápida. Se este mesmo cliente, buscar por outra resposta tecnológica e achar respostas no mesmo site, ele já se atentará ainda mais para a marca.

Estar na visão do cliente e agregar valor com seus conteúdos, fará com que cada vez mais os consumidores pensem na marca em questão. Quando o mesmo cliente do exemplo estiver procurando por novos equipamentos, se lembrará da marca onde achou as soluções anteriormente.

 

Mas como definir quais são os conteúdos relevantes?

Para definir quais são os conteúdos que farão diferença para sua marca e que realmente sejam relevantes, é necessário entender alguns dados sobre seus objetivos, seu negócio e seus clientes.

Detalhando as informações ficará mais fácil para definir em quais conteúdos apostar para haver um maior retorno.

 

#1 – Defina seus objetivos e KPIs

                  Saber os objetivos de sua empresa fará com que o seu trabalho seja mais focado e consequentemente mais assertivo. Os objetivos de uma empresa podem variar. Pergunte-se: o que mais importa para o seu negócio? Aumentar a lembrança de marca? Ou o engajamento do público com sua empresa? Educar o mercado, gerar vendas, diminuir o custo por venda, qualquer um destes pode ser o objetivo.

Após saber aonde se quer chegar, a próxima parte do planejamento é definir quais serão os indicadores-chave de performance (KPIs) que serão analisados.

Definir quais métricas serão analisadas torna muito mais fácil mensurar os resultados corretos. Mas por que não analisar todos? Bom, se sua empresa analisar absolutamente todos os dados, é bem possível que as informações se misturem e não se chegue a nenhuma solução.

Para cada objetivo existe um conjunto de mensurações que trazem informações relevantes. Se o objetivo principal for aumentar a lembrança de marca, é necessário analisar dados que conversem com o que é proposto. Neste caso, observar dados como a quantidade de curtidas no Facebook, visualizações de vídeos e visitas no site pode ser uma ótima pedida.

 

#2 – Saiba quem é a persona de seu negócio

                  A construção de personas é fundamental para qualquer negócio que pretende ter uma comunicação focada e que traga resultados. Entendendo quem é sua persona, será possível utilizar seus principais interesses para optar por quais conteúdos ela gostaria de ter acesso.

E como isto pode ajudar? Planejar um conteúdo baseado no que seu cliente ideal gostaria de ver, dará muito mais chances de sua marca facilitar uma conversão futura, sejam leads ou vendas.

 

#3 – Entenda o funil de vendas e o utilize a favor da produção de conteúdo

Nem todos os consumidores estão no mesmo momento em relação a compra. Ao analisar o funil de vendas é necessário também pensar que o cliente que está identificando o problema agora é diferente do que já está considerando as marcas para comprar.

Para o topo do funil, é preciso produzir conteúdos interessantes, para que estes clientes retornem ao seu blog com frequência e comecem a se relacionar com sua marca. Trazendo novos visitantes, a autoridade do seu site aumenta, melhorando o ranqueamento nas ferramentas de busca, o que ajuda a fortalecer marca e facilita uma conversão futura.

É importante pensar nos conteúdos para que eles casem com o tema principal de sua marca, mas também pode ser interessante falar sobre temas secundários e que ainda assim sejam parte do interesse de seu cliente ideal.

Uma marca de skate pode abordar sobre seu tema principal, mas pode também produzir conteúdos sobre lifestyle, outros esportes, campeonatos, e até mesmo locais para andar de skate. Estes temas secundários também despertam interesse e fazem com que seu público considere a marca e suas dicas algo relevante.

Conforme o funil vai se fechando, é possível produzir conteúdos mais densos e específicos, para que cada vez mais o público vá estreitando relações com a marca até o momento da compra.

 

Conteúdo pós-venda?

                  Sim! Conteúdo pós-venda pode ser muito benéfico para sua marca, isto porque continuar alimentando a relação mesmo depois da compra, fará com que o público se sinta importante e valorizado. Mandar e-mails marketing agradecendo a compra e sugerindo novos conteúdos, pode ser uma boa forma de mostrar que a marca se importa.

Além de gerar empatia com seu consumidor, esta relação pós-venda faz com que os consumidores se tornem também fãs da marca, ajudando a divulga-la pela boa experiência obtida, como acontece com a maioria dos consumidores da Apple. Cultivar este tipo de conteúdo, fará com que o target seja reconduzido para o processo de compra e reconquistado pela marca.

 

Formas de produzir conteúdos

                  Para produzir conteúdos é possível utilizar diversos canais. Os blogs possuem 64,2% de adesão das empresas, como mostra o Content Trends de 2017.

A procura por conteúdos nas redes sociais cresce a cada ano, como aponta o Hubspot ao mostrar que de 2014 para 2016, o consumo de conteúdos no Facebook aumentou 57%, no LinkedIn, 21% e no Twitter, 25%.

Os vídeos podem ser uma boa opção para se investir, pois são mais adorados a cada dia que passa. Em relatório, a Cisco prevê que em 2019, 80% do tráfego da internet será composto por vídeos.

Materiais ricos como e-books, templates e áudio books podem ser utilizados como forma de angariação de leads qualificados para sua empresa. Os e-mails marketing também são uma ótima maneira de manter contato com seus clientes, levando novidades e conteúdos que despertem o interesse para que o usuário seja direcionado para o blog, landing page ou para qualquer outro objetivo da marca.

Todos estes conteúdos precisam ser escolhidos de acordo com o que a persona do negócio gostaria de saber mais. Com um conteúdo focado e com objetivo claro, a comunicação será otimizada e a empresa receberá os impactos desta melhoria.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você e para sua empresa. Agora que você entendeu o que analisar antes de planejar seus conteúdos, com certeza  o processo ficará mais fácil. Deixe um comentário abaixo com sua opinião!

Fique atento ao blog que postaremos novos conteúdos para que você possa esclarecer todas suas dúvidas sobre como funciona o mundo da comunicação e do Marketing Digital!

Compartilhe este post:
Está sentindo o cheirinho? Venha tomar um café com a gente,

Entre em contato